Home » » Língua Japonesa: Ordem das Palavras

Língua Japonesa: Ordem das Palavras

Certamente já repararam, ao ver animes, entre outros que os Japoneses trocam (do nosso ponto de vista) a ordem das palavras numa frase. Pois é disto que hoje vou falar. Prestem atenção.

Ao contrário de nós, os japoneses metem sempre o verbo no final da frase, sempre. Isto é uma das diferenças que existe entre a nossa língua e a língua deles. Mas existem muitas mais, prestem atenção a esta.

Vamos considerar a seguinte frase:

O gato apanhou o rato.


Nesta frase temos como sujeito o "gato" e como complemento directo o "rato".


Para nós, portugueses, a ordem das palavras é essencial para o significado da mesma. Se trocarmos a ordem da frase citada acima ficaria assim:




O rato apanhou o gato.

Nesta frase o "rato" é o sujeito e o "gato" é o complemento directo. Ora, isto para nós não faz muito (ou nenhum) sentido.

Os japoneses não têm esta "rigidez" com a ordem das palavras. Eles podem trocar a ordem entre o sujeito e os complementos como bem entenderem desde que o verbo esteja sempre no final da frase.



O que faz com que os japoneses tenham esta "liberdade" de alterar a ordem de palavras são 2 partículas. Partículas estas que indicam o que é sujeito e o que é completo, podendo assim deixá-los trocar a ordem das palavras, pois no final o sentido será igual.

Em japonês, a partícula marca o sujeito e , o complemento directo.

ねずみ 捕まえました - O gato apanhou o rato.

Vejam outro exemplo:

カラス とうもろこし 食べます
とうもろこし カラス 食べます
Corvos comem milho. 

E pronto, é tudo. Espero que tenham gostado.

Blog Archive

Popular Posts

Powered by Blogger.